Outras informações e respostas às dúvidas frequentes

Qual a cor ideal da lente do óculos de sol?

(08/10/2011)

Muitas pessoas ainda fincam em dúvida na hora de escolher seus óculos de sol no que diz respeito à cor das lentes, pois, na maioria das vezes, não sabem para que servem tantas cores.As cores das lentes são utilizadas por diversas razões: por modismo, necessidade funcional ou apenas para combinar com as armações, realçar a cor dos olhos ou cobrir as rugas, etc.

Vamos às cores:
1) Cinza - Cinza claro é para uso interno, filtra sem distorcer as cores; cinza médio é ideal para pacientes com enxaqueca; e cinza escuro é usado para óculos de sol, sendo excelente para uso externo.

2) Marrom - O marrom claro é também para o uso interno; uma cor mais quente e mais clara do que o cinza. O marrom escuro é para lentes de sol e oferece uma visão precisa, especialmente em condições com um pouco de neblina.

3) Amarelo - Aprimora a precisão visual em dias nublados ou com neblina. É a cor preferida dos caçadores. Oferece um ótimo contraste e visibilidade em condições de pouca luz, além de eliminar o excesso de luminosidade dos faróis durante a noite.

4) Verde - A melhor em condições de luminosidade moderada. Uma Lente ideal para fins diversos. É utilizada em densidades variadas para acompanhar a moda.

5) Azul - Usada como um toque fashion pelo usuário jovem e seguidor da moda. É indicada para dar um toque de tranqüilidade ao usuário.

6) Rosa - É uma cor mais quente como a marrom, mas não deve ser usada em óculos de sol.

Observações: Cuidado com o uso de cores muito fashion, tais como Lilás, rosa e amarelo durante o dia, pois as mesmas não estão em harmonia com as cores da natureza, podendo causar cansaço visual por distorcer a cor real do que se vê. Procure sempre comprar seus óculos em casas especializadas com um técnico preparado para lhe informar o motivo de tantos produtos e tratamentos.

Existem produtos específicos para o seu estilo de vida, profissão, lazer e etc. e que lhe trarão benefícios no seu dia-a-dia, aumentando a sua produtividade e a sua auto-estima. Ao procurar uma ótica para comprar seus óculos, procure primeiro saber de todos os benefícios para o seu caso, só depois faça a sua escolha. Todos os dias são gastos milhões em pesquisas científicas para melhorar a nossa visão e a nossa auto-estima como usuários de óculos. Aproveite toda essa tecnologia e beleza ao seu alcance.


Dúvidas frequentes sobre lentes de contato

Muitas pessoas ainda têm dúvidas quanto ao uso de lentes de contato e os cuidados que devem ser dispensados à elas, por isso resolvi elaborar algumas perguntas (que meus clientes costumam me fazer) com as respectivas respostas.

Que todos, usuários ou não, possam aos poucos se livrar da má informação a respeito do assunto, pois lentes de contato só trazem problemas quando as instruções do profissional (oftalmologistas e contatólogos) não são seguidas á risca.
1 - Posso ir á praia ou á piscina com as lentes de contato?
R - Sim, desde que a pessoa não abra os olhos com lentes debaixo da água. Ela pode também, usar óculos para natação ou máscara de mergulho para poder abrir os olhos. Também é bom evitar água de torneira nos olhos com lentes.

2 – Por quantas horas posso usar minhas lentes de contato?
R - A maioria das lentes podem ser usadas cerca de 8 a 12 horas diárias, sendo necessário um intervalo de pelo menos 1 hora se passar disso. Pessoas com a vida agitada e pouco tempo devem optar por lentes de contato de uso prolongado ou descartáveis, pois permitem mais horas de uso.

3 - Quais os produtos que devo usar para limpar as minhas lentes?
R - As lentes devem ser limpas diariamente com soluções multiuso.

4 - Posso limpar as minhas lentes só com soro fisiológico?
R - Não, soro não é bactericida, não remove proteínas, e nem a sujeira das lentes, para isso, no caso das lentes gelatinosas, é necessário a solução multiuso, que faz todas as etapas necessárias para uma limpeza adequada.

5 - As lentes coloridas fazem mal para os olhos?
R - As lentes estéticas são feitas com a mesma composição que as lentes oftálmicas, a única diferença é que são capazes de alterar a cor dos olhos, não ocasionam nenhum tipo de problema quando usadas corretamente.

6 - Como saber a melhor cor para os meus olhos?
R - A melhor maneira é experimentando os tipos de lentes existentes, levando em conta a cor do seus olhos, tom de pele e cabelos.

7 - Por que algumas pessoas têm problemas oculares resultantes do uso de lentes?
R - As lentes de contato foram desenvolvidas levando em conta a fisiologia dos olhos, tamanho e curvatura, no entanto, quando se exagera na quantidade de horas ou não se faz a assepsia corretamente, permite-se que as lentes contraiam fungos ou outras bactérias, causando irritações que podem ser sanadas quando verificadas de imediato. Também existem pessoas que usam as lentes mesmo sabendo que estão com algum problema, tais como fungos ou rasgos, pois não querem se desfazer delas mesmo sendo orientadas para se desfazerem delas imediatamente.

8 - Por que algumas soluções de limpeza irritam os meus olhos?
R - Normalmente, estas soluções contêm substâncias abrasivas como o timerosal e ocasionam irritações ou outros tipos de incômodos. Por isso, é melhor optar por substâncias mais suaves que não contenham esse tipo de substância, mas, são poucos os usuários que reclamam disso comigo.

9 - Quais são os cuidados que se deve ter com as lentes?
R - Lavar bem as mãos antes de manipular as lentes. Não colocá-las se os olhos estiverem irritados ou se houver sensação de corpo estranho no olho (incômodo e coceira). Leve sempre a caixinha e um pequeno frasco com soro para retirar as lentes quando necessário. Sempre limpar as lentes com os devidos produtos. O usuário deve fazer visitas periódicas ao especialista para controle e respeitar os prazos de validade.


O que são as "CVS"?

Hoje em dia, o computador é indispensável em casa, no trabalho, lazer. Tudo ficou mais fácil com ele, melhor dizendo, sem ele, impossível. Como o computador exige muito da nossa visão, problemas visuais e sintomas tornam-se comuns e, por isso, hoje existe a chamada "Computer Vision Sindrome"(CVS).

Mas o que é CVS? Ela se caracteriza por cansaço visual associado com o uso prolongado do computador.

Como o CVS se apresenta? Irritação, vermelhidão, coceira, secura ou lacrimejar excessivo, fadiga, sensibilidade à luz, sensação de peso das pálpebras ou da fronte, dificuldade em conseguir foco, enxaqueca, dores lombares e espasmos musculares. Muitas pessoas que sofrem de CVS não sabem disso.

Então o computador altera a nossa visão? Não! Muitas pessoas têm leves alterações visuais que não causam sintomas quando estão executando tarefas visuais menos exigentes. Mas, quando estão usando o computador, sentem diversos sintomas de desconforto.

Como o CVS acontece? O nosso sistema visual não foi criado para ficar horas à frente do computador. Os minúsculos pontos, ou pixels, que fazem a imagem no monitor não permltem que o olho tenha foco.

O olho tem que focar e refocar para ter nitidez, definição da imagem e isso acaba resultando em tensão dos músculos do olho, além da diminuição da freqüência de piscadas, causando olhos secos e doloridos porque, ao piscarmos, lubrificamos o olho, mas em frente das telas, em geral, diminuímos a freqüência de piscadas, resultando em dores de cabeça e no pescoço.

Quem corre o risco de apresentar a CVS? Qualquer pessoa que passa duas horas por dia em um computador corre o risco de ter esses sintomas. Usar o computador por horas sem descanso, usar iluminação e posição inadequadas causa problemas visuais como miopia e hipermetropia.

Existe prevenção da CVS? Sim. Reduza o cansaço visual ao usar o computador através das seguintes medidas: posicione o monitor 50 a 60 centímetros dos olhos; o topo do monitor deve estar na altura dos olhos ou ligeiramente abaixo; mantenha o que se está copiando bem perto da tela - o ideal é que haja um suporte ou prancheta especial ao lado da tela, que minimizam os movimentos de cabeça e olhos; ilumine bem a sala do computador; limpe sempre o pó, principalmente da tela para melhor visibilidade; se necessário utilize um filtro anti-reflexo na tela ou faça óculos com tratamento anti-reflexo, que pode ser sem grau para os que não precisam dele.

Para eliminar a fadiga, faça descansos periódicos. Isso é muito importante.

Procure o seu oftalmologista e veja se você não está com necessidade de usar óculos e sempre informe a ele a sua atividade diária para uma melhor indicação. As lentes multifocais e bifocais não são as mais indicadas para o uso no computador; por isso procure fazer um óculos específico para esse uso. O seu ótico saberá lhe indicar o melhor óculos.


Lentes fotocromáticas

As lentes fotocromáticas, hoje mais conhecidas como lentes fotossensíveis, escurecem em ambientes externos claros e clareiam em ambientes internos ou escuros. Antes, as pessoas associavam as lentes fotocromáticas à idade, achavam que ficavam com a aparência envelheci da, isso porque as pessoas mais maduras tinham mais preocupação com a saúde ocular, além do que os médicos indicavam mais esse tipo de lentes por causa da propensão à catarata pela exposição excessiva ao sol.

Alguns usuários diziam que essas lentes não atendiam em 100% as expectativas, embora fossem de grande ajuda. Suas observações recaíam na lentidão do escurecimento e clareamento e na cor das lentes ao sol; diziam que gostariam que as lentes fossem mais escuras.

Respeitando todas as necessidades dos usuários, a Transitions Next Generations foi lançada com grande cobertura pela mídia nacional. A Transitions criou a lente fotossensível mais rápida em sua mudança de cor, além de ser muito mais escura que a anterior sendo mais parecida com lentes solares em exposição ao sol.

Hoje, cientes dos danos provocados pelo sol e também pela sensibilidade a claridade, todas as pessoas não importando a idade querem usar produtos que lhes tragam conforto e previnam problemas futuros.

A nova geração de lentes fotocromáticas “Transitions Next Generation” é o que há de mais evoluído em lentes fotossensíveis... Nas lentes anteriores! dependendo do grau e ,da espessura da lente, poderia haver diferença na cor, principalmente no centro das lentes - nos casos de miopia alta. Com as novas lentes "N.G." isso não acontece porque a tecnologia dela aplica moléculas fotossensíveis na parte anterior da lente (frente) e, dessa forma, na hora da confecção do grau, não há diferença. A seguir, algumas características dessas..lentes: são ativadas rapidamente, ao fim de 30 segundos - é a metade do tempo de uma lente em cristal ou geração anterior; escurece até o nível C, ou seja, atinge uma tonalidade bem próxima das lentes solares; possui tonalidade de escurecimento uniforme; possui 100% de proteção para raios nocivos UVA e UVB. Assim, os olhos terão a mesma proteção que a pele com protetor solar.

São aconselháveis para todos os tipos de usuários, não somente para aqueles que têm fotofobia; são aconselháveis para crianças. Assim, se resolve a dificuldade dos pais em comprar outro óculos para proteger os olhos dos seus filhos contra os raios nocivos; oferecem melhor estética e são bem mais confortáveis devido à sua performance.

A indústria óptica é uma das mais atuais em se falando de tecnologia. Ela jamais pára e está sempre criando produtos que sejam adequados às nossas necessidades.


Síndrome do Olho Seco

(29/08/2011)

Sensação de secura, ardência, "areia nos olhos", olhos constantemente vermelhos e, sensibilidade à luz (fotofobia) pode ser a síndrome do olho seco. Esse problema é provocado pela deficiência na quantidade ou qualidade do filme lacrimal que provoca ressecamento da superfície ocular.

A lágrima existe para lubrificar a superfície do olho, transportar oxigênio e nutrientes, formar uma película para melhor transmissão da luz, eliminando as pequenas irregularidades da córnea, proteger, eliminando partículas (ciscos) que causam inflamação e desconforto, auxilia na cicatrização e defende o nosso olho dos microorganismos. Assim o bulbo ocular está constantemente irrigado por esse líquido que evita que o olho se torne seco e inflamado e protegido pela presença da lisozima, que é uma enzima que destrói as paredes celulares de muitas bactérias.

Ao piscarmos, as pálpebras distribuem o filme lacrimal por toda a superfície do olho. Devemos fazer isso, naturalmente, mais ou menos, de 12 a 15 vezes por minuto.

Vários fatores podem causar a Síndrome do Olho Seco, entre eles: vento, poeira, ar condicionado, deixar restos de maquiagem nos olhos, uso de lentes de contato sem orientação, envelhecimento e desequilíbrio hormonal, efeito colateral de diversas medicações de uso crônico e anomalias tais como: alergia, artrite, sarcoidose, entre outras, além da diminuição do ato de piscar (problemas nas pálpebras, computador, televisão).

Muitas pessoas me perguntam o que pode causar esses sintomas, principalmente pessoas expostas ao vento, pessoas que praticam exercícios físicos diariamente nas praias, motociclistas e usuários de lentes de contato.

Como existem muitas doenças que têm esses mesmos sintomas, só o oftalmologista vai poder dizer ao certo o que é, mas se for constatado que realmente é a Síndrome do Olho Seco, existe solução através de lágrimas artificiais, elas estabilizam o filme lacrimal trazendo alívio dos sintomas.

Converse com o seu oftalmologista sobre esse assunto.


Lente de contato: a importância do especialista

(22/08/2011)

Hoje em dia, as lentes de contato têm sido de grande importância na correção das deficiências da visão por sua eficácia, praticidade e melhora na qualidade de vida. Mas isso só funciona bem desde que sejam bem indicadas, bem adaptadas e bem orientadas por um profissional capacitado que dê o acompanhamento necessário para se ter qualidade de vida com as suas lentes.

Infelizmente a globalização --e o progresso em geral (também o imediatismo) não nos trouxeram só benefícios e muitas coisas importantes ficaram para trás, tais como amor à profissão, competência para executá-la e preocupação com o bem estar do próximo.

As lentes melhoram a estética, são ideais para a prática de esportes e possibilitam ao usuário exercer certas atividades profissionais que com os óculos seriam mais difíceis. O mercado está cheio de produtos diferenciados para atender aos mais diversos tipos de clientes e deficiências e quem saberá fazer essa indicação é o profissional competente? Médicos e contatólogos!

Hoje em dia, se vendem lentes em qualquer lugar, até pelo correio! O problema está aí, pois existem riscos sérios no uso de lentes sem supervisão e acompanhamento do profissional. Não estou falando de balconistas e sim de especialistas formados.

Não se decide comprar lentes de contato, até mesmo as coloridas, como se compra uma roupa ou muda a cor dos cabelos.
Mesmo uma lente que aparentemente está bem adaptada pode, de uma hora para outra, dar problemas por oxigenação da córnea, reações alérgicas e tantas outras complicações que podem ser simples ou causar perda de visão.

A lente de contato é feita para curar  mas pode provocar doenças, pois o processo de adaptação é contínuo e dinâmico e só termina quando a pessoa pára de usar as lentes.

Não se esqueça: a adaptação das lentes de contato é um ato técnico e não comercial.

Portanto, ao decidir-se pelo uso de lentes; procure o seu médico ou contatólogo de confiança para que a adaptação seja a melhor possível e o acompanhamento seja feito até o final.

Um grande abraço.

 

 

Todos os direitos reservados. 2011.